A Maratona 2013 chegou!

A proposta é de tirar o fôlego. Uma maratona de livros de banca.
Um romance por mês, cada um com um tema diferente.
Começando em abril e indo até março de 2014.

 photo textoinicial_zpsdaf5f322.png

Lynsay Sands - O amor... é cego? - Resenha Catarina Cardoso

7 comentários


Inglaterra, 1720

Adrian Montfort, o conde de Mowbray, sabia que a bela e estabanada lady Clarissa Crambray podia ser perigosa. Ela era, na verdade, um desafio. Mas era exatamente o desafio que ele precisava...

Clarissa sempre desejou encontrar um noivo, mas sua madrasta queria mais ainda que a enteada encontrasse alguém disposto a se casar com ela. Clarissa concordava que os óculos escondiam a beleza de seu rosto, mas se ela seguisse o conselho da madrasta e não os usasse, como iria enxergar? Já causara confusão suficiente para merecer um apelido infame nos círculos sociais, em função de sua deficiência visual. Todos os possíveis pretendentes pareciam sair correndo... Até que de repente apareceu um cavalheiro disposto a dançar com ela. Um homem elegante, atraente, misterioso... E Clarissa se vê a tropeçar... no amor!

Lynsay Sands muitas vezes dispensa comentários, ela é praticamente uma unanimidade entre as leitoras de Romances Históricos. E esse livro não é uma exceção, já vi esse livro na lista de preferidos de muitas leitoras.

Clarissa Crambray é uma moça linda, de família respeitável, educada etc etc, porém nenhum pretendente passava muito tempo cortejando a pobre, eles partiam fora na primeira oportunidade depois de perceberem que ficar ao lado de Clarissa pode ser terrivelmente prejudicial à saúde, não ... ela não é nenhuma maníaca, assassina,... bom ... pelo menos não intencionalmente! Clarissa é “apenas” praticamente cega sem seus óculos. E sem eles causa muitos acidentes, realmente, a moçoila é um desastre, ela consegui transformar um palitinho de dente numa arma mortal, brincadeirinha, ela não chega á tanto! Já tendo sido dispensada por vários pretendentes ( até por um velhinho safado) ela continua sozinha até que encontra ......

Adrian Montfort, o conde de Mowbray voltou da guerra com uma cicatriz no rosto ( adooro mocinhos com cicatrizes) e por conta dela acabou se distanciando da sociedade, desde que uma moça desmaiou ao olhar pra ele e outras decidiram seguir esta moda. Ele acaba se apaixonando por Clarisse e faz de tudo pra cortejá-la e consegui sua mão.

O livro é bem fofinho, tem um vilão que quer se vingar de Clarissa mas no final esse vilão não se mostra tão vilão assim!


Eu destacaria além das cenas cômicas as cenas Hots do livro, que são muitas, esse conde adoora esclarecer pra ela como é a intimidade de um casal e como ela não enxerga direito mesmo e ele é um bom professor ( e bota BOM nisso) ele costuma usar o TATO nela e com ela em diversas seninhas Hots ( hehehe) ele é danadinho... e ela adora, muitas delas que começam quentes e terminal engraçadíssimas. E não tem problema com local não, onde eles estiverem .. pinta vontade de aperfeiçoar o “tato” ele puxa ela pra um cantinho e as aulas começam, e se o quarto dela é nos altos da casa, não tem problema! Tem uma árvore lá pertinho da janela dela, e nessa cena a coisa fica quente!!!! Literalmente pega fogo!!!!! rsrsrs

E o amor é cego... é um livro que difere muito da maioria, pois os mocinhos estão longe de ser perfeitos e imaculados. A mocinha morre de medo de que o mocinho a veja de óculos e ele morre de medo que ela use os óculos veja sua cicatriz e saia correndo..rsrs

Esse livro agrada a maioria dos gostos, mesmo àqueles que não gostam quando o romance é muito água com açúcar, adoram este romance devido principalmente as cenas cômicas que são ótimas, ao melhor estilo Lynsay Sands.
Se você gostou, compartilhe!
Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

7 Response to Lynsay Sands - O amor... é cego? - Resenha Catarina Cardoso

3 de abril de 2010 16:41

Nossa, e como ele é um bom professor, hehe!!! E é verdade, esse livro agrada MESMO a maioria dos gostos. Esse foi o primeiro histórico que li e realmente gostei.

Amei a resenha!!!

3 de abril de 2010 23:37

Adorei a capa desse livro e a história parece ser bem interessante.Adorei a resenha :)
Beijinhos

Keu
5 de abril de 2010 17:45

Graças a Rêeee...
que me indicou!!
muito bom...
Valeu Renata!!

7 de abril de 2010 19:32

Nossa, parece legal mesmo essa estória!!!!
Entrou pra minha lista!!!!!
Estou louca para ler!!!!
bjks

3 de maio de 2010 21:28

adorei!!!
onde eu encontro?
tem ebook??
procurei no sebo mas não encontrei...=/

4 de maio de 2010 18:07

Oi Juliana!
Tem e-book desse livro sim
vai no blog da Lilith que tem lá
Bjossss

10 de janeiro de 2011 14:43

A história é muito linda. Onde posso encotrar? Diana Ferreira São Paulo.

Postar um comentário