A Maratona 2013 chegou!

A proposta é de tirar o fôlego. Uma maratona de livros de banca.
Um romance por mês, cada um com um tema diferente.
Começando em abril e indo até março de 2014.

 photo textoinicial_zpsdaf5f322.png

Lucy Monroe - Guerreiro do deserto - Resenha Mônica Monte Souza

0 comentários


Um novo desafio para o sheik...
Ao desembarcar de seu jato trajando um terno de corte impecável, o sheik Asad está oficialmente de volta ao seu reino no deserto e pronto para preservar seu legado. Mas por baixo da camisa de grife bate o coração de um guerreiro! Iris Carpenter mal reconhece o homem a sua frente. Asad está mais deslumbrante do que seis anos atrás, e continua perigoso! Especialmente quando a temperatura de seu olhar se torna mais causticante do que o calor do Sol de Kadar. Iris é incapaz de resistir aos seus desejos, porém Asad sabe que é apenas uma questão de tempo até que aquela ruiva tentadora retorne para o lugar ao qual sempre pertenceu: sua cama!

Achei a história muito enfadonha e sem brilho. Iris e Asad foram amantes no passado e ele a largou para se casar com a virginal Badra que não era tão virginal assim.

Eles voltam a se aproximar porque o Asad mexe os pauzinhos para que a Iris faça parte de uma escavação no país dele e o resto é ele tentando levá-la de volta à sua cama.

História chata e batida. O casal do livro Coração em Fúria (Paixão 104) Hakim e Catherine aparece aqui. Inclusive o sheik Hakim dá uns chacoalhões no Asad para ver se ele acorda pra vida, mas nem isso faz com que a história melhore.

Se você gostou, compartilhe!
Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

Sem comentários para "Lucy Monroe - Guerreiro do deserto - Resenha Mônica Monte Souza"

Postar um comentário