A Maratona 2013 chegou!

A proposta é de tirar o fôlego. Uma maratona de livros de banca.
Um romance por mês, cada um com um tema diferente.
Começando em abril e indo até março de 2014.

 photo textoinicial_zpsdaf5f322.png

Resenha da Gabriela Dias - Ruth Langan - A Aventureira - Clássicos Históricos 26

0 comentários

Uma farsante na corte
Stephan Driscoll precisava de uma mulher não apenas por uma noite de amor... Bastava ao impetuoso lorde estalar os dedos, para que qualquer uma das damas da corte de Londres se atirasse a seus pés. Quando, porém, o rei Charles II decidiu, só por capricho, obrigá-lo a se casar, Stephan escolheu a desconhecida e estonteante Lady Claire.

Dessa vez Claire se metera em sérios apuros! Fora capturada, juntamente com um bando de ladrões, ao tentar assaltar o lorde e seus amigos. Sem meios de escapar, não tivera alternativa senão desempenhar seu papel na estranha encenação que o nobre idealizara. Mas fingir ser um respeitável dama em meio a todo aquele luxo foi bem mais fácil do que ocultar uma outra e perigosa verdade: a paixão de Claire irresistível Stephan...

Resenha:

Stephan descobre que seu primo, o Rei, pretende casá-lo com alguma nobre da corte. Já que ele não quer que sua vida de solteiro aventureiro acabe, ele precisa que alguma linda mulher se passe por sua pretendente e assim, acabar com os planos do rei.
Claire é uma plebeia que passou a ser espancada pelo seu padastro após a morte da sua mãe. Antes que a violência piore e que seu padastro a violente, ela decide fugir e se unir a um bando de ladrões, uma das únicas opções que existiam na época, para garotas em sua situação.
É nesse cenário que Stephan e Claire se encontram. Claire vai assaltá-lo e quando o assalto falha, Stephan, que se encanta com a beleza de sua assaltante, impõe que ela se passe por sua amante na corte ao invés de fazê-la pagar por seus crimes.
Particularmente, não gostei dessa estória. Não a estória em si, pois a Ruth escreve bem a suas tramas são encantadoras, mas odiei esse mocinho. A feminista que existe em mim se revoltou por cada atitude que esse rapaz toma ta trama. não as atitudes em si, mas a forma como ele age. Suas reações são sempre muito violentas. Em nenhum momento ele bate na mocinha, mas chega perto várias vezes. Outra coisa que me revoltou nele é a forma de como até em pensamento, ele pensa da mocinha de forma menosprezível, pensando nela como escória, como uma ladrazinha suja. E até quando ele pensa que toma uma atitude bacana, quando pensa que se sacrificou pela mocinha ele é um verdadeiro babaca.
Enfim, gostei do livro, mas que passei uma raiva danada por causa das ações do mocinho, isso eu passei.
Obs: No final do livro tem uma reviravolta que nem é tão reviravolta assim, já que no prólogo nos podemos deduzir isso.
Se você gostou, compartilhe!
Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

Sem comentários para "Resenha da Gabriela Dias - Ruth Langan - A Aventureira - Clássicos Históricos 26"

Postar um comentário