A Maratona 2013 chegou!

A proposta é de tirar o fôlego. Uma maratona de livros de banca.
Um romance por mês, cada um com um tema diferente.
Começando em abril e indo até março de 2014.

 photo textoinicial_zpsdaf5f322.png

Charlotte Lamb - O preço de cada um - Sabrina 129 - Resenha de Catarina Cardoso

1 comentários
 
 
Nem o cenário deslumbrante daquela ilha das Bahamas faria Rachel esquecer Mark, um homem que não sabia amar!
Quando Mark Hammond descobriu que seu filho Nick estava apaixonado por uma cantora de boate,  não pensou duas vezes: certo de que se tratava de ama vagabunda interessada na fortuna da família,  ofereceu-lhe dinheiro para sumir da vida do rapaz. Rachel recusou - Nick era apenas um amigo -,  e Mark ficou desconcertado. Para ele, todas as pessoas tinham um preço. Aumentou então a oferta, tentou seduzi-la, ameaçou matá-la...
Apaixonada por Mark, aquele homem cínico que ela devia odiar, Rachel resolveu fugir para as Bahamas.  Lá ela talvez esquecesse que o dinheiro de Mark jamais pagaria seu verdadeiro preço: o amor


O multimilionário Mark quer salvar o filhinho das mãos da Rachel. cantora de boate que ele acha que é vagabunda.  Ele quer comprar a mulher de qualquer jeito, a quer bem longe de Nick seu filho.

Esse Mark é um bossal, ameaça de estrangular a mulher e vive tirando onda do filho dele...  resumindo odiei esse mocinho, tá mais pra bandido,  e não sou a única que o odeia o filho dele é de mesma opinião..  chama ele de nojento e bastardo... como é lindo o amor entre pai e filho.

Logo depois não sei o q esse Mark faz que o filho dele derrepente passa a idolatrá-lo. E pai e filho ficam brigando por Rachel. Ela vai para as Bahamas, na verdade ela foge de Mark por que está quase sucumbindo as tentativas de sedução do cara!

Mais sabe como é né? o papai vence!! Aff que livro sacoo!
Se você gostou, compartilhe!
Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

1 Response to Charlotte Lamb - O preço de cada um - Sabrina 129 - Resenha de Catarina Cardoso

27 de junho de 2010 15:54

Eita!!! Oo
Pedreira mesmo esse livro aí, heins?! Papai e filhinho disputando a mesma mulher?!?!?! Não faz muito meu estilo não.... ai, ai...

Postar um comentário