A Maratona 2013 chegou!

A proposta é de tirar o fôlego. Uma maratona de livros de banca.
Um romance por mês, cada um com um tema diferente.
Começando em abril e indo até março de 2014.

 photo textoinicial_zpsdaf5f322.png

Resenha da Iara Paula - Nicole Jordan - Amor Cativo - CLR

0 comentários
Amor Cativo

















Escócia 1761

Deveria ser um sonho, fruto de seu exagerado desejo de aventura. Katrine Campbell custava a acreditar que havia sido 
sequestrada por um demônio de cabelos negros que a olhava com desdém e zombaria. Suas ideias românticas sobre os 
valentes homens das Terras Altas se desvaneceram mas não a determinação de infernizar a vida de seu captor. Ele conhecia a força de seu temperamento explosivo, o poder de reação de uma Campbell.

O jovem senhor do clã Maclean se achava na obrigação de vingar os parentes da perfídia dos Campbell. Durante séculos persistia a hostilidade entre os clãs, e o primeiro diálogo que tivera com sua prisioneira reafirmava sua convicção sobre a astúcia e a falsidadede seus inimigos. A refém era bela e perigosa, capaz de preparar-lhe uma doce e cruel armadilha… e fugir!

Katrine é mais velha de três irmãs, que após tê-las ajudado a casarem-se, resolve cuidar da própria vida, decidindo-se assim a voltar pra sua terra de origem: Escòcia. Cheia de sonhos e expectativas, chega a casa de seu tio, acreditando que enfim poderá viver todas as aventuras que sempre almejou. Impulsiva e de temperamento explosivo, logo se vê em maus lençois por conta dessas características, pois não consegue segurar a língua e em decorrência disso acaba sendo sequestrada.

Raith MacLean é o lider de seu clã, e carrega consigo um ódio mortal e justificavél pelo clã de Katrine: Os Campbell. Ele invade a casa de seu tio na mesma noite em que ela chega ao país e em decorrência de alguns acontecimentos ele decide que a unica solução é sequestra-la.

Ambos tem o temperamento muito parecido e talvez por isso mesmo acabam se atraindo um pelo outro. Discutem o tempo todo e se desafiam sempre que estão juntos. E como não poderia ser de outra maneira, acabam não resistindo e se entregando a paixão.

Livrinho bem gostosinho pra passar o tempo, apesar de eu ter achado que poderia ter sido um pouco melhor desenvolvido o romance entre os personagens principais.
O ponto positivo dessa estória é que ela por vezes é bastante divertida, o que faz desta uma leitura rápida!
Recomendo!

Resenha Mônica Monte Souza - Sandra Steffen - Um Amor para Sempre - Especial Grandes Autoras 17

0 comentários





 
UM AMOR PRA SEMPRE – Sandra Steffen
Para impedir que os sogros lhe tirassem a filha, James McCall decidiu: Um: encontrar uma mulher; disposta a fingir ser sua noiva. O empecilho? Todas as garotas da cidade estavam descartadas de seus planos, exceto Glenda Fletcher. Mas quem acreditaria que estavam apaixonados? Dois: desfilar pela cidade com Glenda e a filha. Provar a todos que os três formariam uma família fantástica. Três: esquecer, convenientemente, que só poderia beijar sua linda ''futura esposa” em público!

História bem bonitinha e em ritmo de sessão da tarde. A Glenda e o James se conhecem a vida toda e ela se apaixonou por ele ainda na adolescência, porém no momento em que criou coragem para falar que o amava, ele disse que tinha se apaixonado por outra mulher.
Ela se mudou de cidade, foi fazer faculdade e só voltou depois que ele ficou viúvo. Os sogros dele queriam a guarda da neta e o ameaçaram com um processo. Ele pediu que ela fingisse ser sua noiva, porém em um primeiro momento ela não aceitou.

O relacionamento deles vai se desenvolvendo dessa maneira: ela com a esperança de tentar conquistá-la e ele enxergando a amiga de infância com outros olhos, além de lutar pela guarda da filha. A Glenda ainda relutava em forjar um relacionamento, porém quando viu que o James corria um risco real de perder a guarda da filha, ela aceitou se passar por noiva dele.

É muito tensa a declaração de amor dela pra ele, pois acontece justamente no tribunal quando estão decidindo quem deve ficar com a guarda da filha do James e ela foi muito corajosa se expondo na frente de todo mundo, inclusive na frente do James, que não tinha ideia dos sentimentos dela por ele.
Uma ótima história para uma tarde chuvosa.

Resenhas -Janeiro/2013: Título com a palavra AMOR

2 comentários


É o Amor,
Que veio como um tiro certo
No meu coração;
Que derrubou a base forte
Da minha paixão
E fez eu entender que a vida
É nada sem você.

A palavra escolhida este ano é a tônica de todas as histórias que avidamente lemos todos os dias, então resolvemos na edição da Maratona de Banca exacerbar todo o nosso sentimento positivo com relação aos nossos livrinhos.