A Maratona 2013 chegou!

A proposta é de tirar o fôlego. Uma maratona de livros de banca.
Um romance por mês, cada um com um tema diferente.
Começando em abril e indo até março de 2014.

 photo textoinicial_zpsdaf5f322.png

Resenhas de Abril

13 comentários

Os livros do mês de abril são de fácil busca, podem ser encontrados em qualquer banca de jornal/revista, livraria, sebos, vizinhas, amigas das amigas, mães, colegas de trabalho.

Estão valendo desde os livros que se ambientam depois da segunda guerra até o futuristas. Julia, Bianca, Sabrina, Jessica, Paixão, Desejo, Tentação, todas essas séries tem 99% dos livros ambientados na contemporaneidade. Vamos colocar uma listinha para o mês não ficar sem sugestão. Afinal não podemos esquecer que nessa maratona tem colegas quem só leram UM livro de banca.

Regras:


1 – As participantes que não tem blogs enviarão suas postagens (texto e capa do livro lido) para o email oficial maratonadebanca@gmail.com


2 – As blogueiras postarão em seus respectivos blogs e compartilharão aqui suas postagens através do auto link, no local adequado é só colocar nome e o link do post (lembrem-se link do post e não do blog)


E que a diversão comece!


Atenção: Nós vamos sortear um livro entre as maratonistas que postarem seu livro deAbril. Também vão participar as meninas que não tem blog, mas que mandarem suas resenhas para postarmos aqui.

1. Lariane
2. Diana
3. Carla Toledo
4. Jois Duarte
5. Daniele Organista 
6. Lilith
7. Leninha
8. Renata
9. Suelen Mattos
10. Mariangela
11. Bete ou Nanda
12. Dominique
13. Beta
14. Nataly Gonçalves
15. Liliana  
16. Faby
17. Jullyannah
18. Srta. Camilla
19. Caroline Rejane
20. Flavinha
21. Solange
22. Regina Polli
23. Milliane Cristinne
24. Blair Boo
25. Rafaela
26. Nany
27. Débora Lauton
28. Jessica Wieth Marques
29. Mariana Bezerra
30. Natália Alexandre
31. Juliana  Dalssaso
32. Mariana Rocha
33. Hérida Ruyz
34. Tonks71
35. Cybelle Medeiros
36. Carolina
37. Fabi Abrams
38. Mimi
39. Nina Alvarenga
40. La Sorcière
41. Hanne Lúcio
42. Fabiana Luchete
43 - Carmem Gouvêa
44 - Luciana Zuanon
45 - Catarina Cardoso
46 - Carmen Gouvêa

Alexandra Sellers - Um sheik tentador - Sabrina 1127 - Resenha Mariana Pereira

1 comentários


Os poderosos sheiks nasceram para governar o mundo e eram destinados a encontrar um amor tão eterno quanto às areias do deserto

Após uma noite de amor entre o sheik Arash Khosravi e Lana Holding, ela nunca mais permitiu que outro homem a tocasse. Separados por circunstâncias imperiosas, ela desejava desesperadamente vê-lo outra vez. Mas o nono encontro não foi o que ela imaginava. O orgulho e a dor haviam tornado Arash tão frio e cruel como a tempestade que enfrentavam...
Arash arriscara sua fortuna para salvar o país. Por isso não poderia prometer a Lana um futuro digno. Mas ficar sozinho com ela durante dias era uma tentação irresistível para o mais sublime das resistências. O que de fato aconteceu com Arash. Ele rendeu-se à mulher que fora seu tormento, seu grande prazer, à mulher que prometera a si mesmo conservar para sempre. Poderia fazer isso não tendo nada a lhe oferecer, a não ser seu coração?

Amei!!
Já tinha lido vários dessa autora e gostei muito de Arash, ele á um pouco resentido com o passado, mas no fundo Lana faz as mudanças necessárias no coração dele.
O presente de casamente é a coisa mais linda do livro todo.

Anna de Paolo - Jogo de Amantes - Desejo 77 - Resenha de Catarina Cardoso

1 comentários
 
 
Jamais brinque com os sentimentos de um homem poderoso...

Stephen Garrison pode ter a mulher que quiser. Só uma, porém, lhe interessa: Megan Simmons. Ela deu fim ao tórrido caso de amor que tiveram anos atrás, abandonando-o sem nenhuma explicação. Quando ela retorna a Miami, o plano de Stephen para seduzir sua ex-amante esbarra em uma inesperada descoberta: ele é o pai de sua filha! Agora, o implacável milionário não se contentará em apenas levar Megan para a cama... e o casamento será sua maior vingança...


O livro “Jogo de Amantes” é o terceiro de uma série sobre a família Garrison, esse é sobre Stephen Garrison, ele é um daqueles mocinhos que nunca ouviram um “não” de uma mulher, até que aparece nossa mocinha Megan Simmons.

Megan Simmons foi trabalhar pra empresa de Stephen e ele logo ficou de olho na ruiva, eles começaram a namorar e logo quando Stephen achou que tinha encontrado uma mulher com quem ele poderia pensar em casamento ela resolve abandonar ele sem uma explicação convincente. Passam-se anos e ela volta pra Miami, como a sócia de uma empresa de decoração e com uma menina de quase 4 anos com covinha no queixo.

Isso mesmo ... a menina é filha dele, ele descobre e chantageia ela pra se casar com ele, ela acaba aceitando mas o clima fica ruim entre eles porque ela não confia nele. Ele sempre teve uma fama de conquistador e no dia que ela viu uma moça saindo do iate dele ela não teve dúvidas, arrumou suas coisas e foi embora sem grandes explicações.

 Depois que ele acaba convencendo ela de que ele nunca foi infiel uma coisa ainda não esta bem pra Megan, ela gostaria que ele também tivesse pedido ela em casamento por amor a ela , além do fato de terem uma filha juntos e precisarem dar uma família completa pra ela.

É claro que ele sempre a amou mas não se deu conta até quase no finalzinho do livro quando ele novamente corre o risco de perdê-la, (aahhhh ... homenns!!!!!!! Demoram pra admitir o óbvio ...... hehe)

Também há um crescimento na personagem da Megan, que diferente de quando ela fugiu sem explicação alguma há 4 anos, no final ao se deparar com uma situação semelhante ela resolve enfrentar e esclarecer as coisas.

Nesse livro fui apresentada aos outros irmãos e aos casais dos 2 primeiros livros, há um mistério sobre um espião na empresa dos irmãos e há a matriarca da família, uma mulher amargurada e alcoólatra que descobriu no dia do testamento do marido, se não me engano, que ela tinha sido traída e ele tinha deixado uma das empresas pra filha ilegítima que teve fora do casamento, tadinha realmente dá pra pirar o cabeção com essa....

A série ainda continua até o livro 6 com a historia dos outros irmãos inclusive da irmã ilegítima que não possui uma boa relação com os outros irmãos, mas é claro que tudo será esclarecido acabarão felizes para sempre.

Alexandra Sellers - Um sheik tentador - Sabrina 1127 - Resenha Carmen Gouvêa

1 comentários
 
 
Os poderosos sheiks nasceram para governar o mundo e eram destinados a encontrar um amor tão eterno quanto às areias do deserto

Após uma noite de amor entre o sheik Arash Khosravi e Lana Holding, ela nunca mais permitiu que outro homem a tocasse. Separados por circunstâncias imperiosas, ela desejava desesperadamente vê-lo outra vez. Mas o nono encontro não foi o que ela imaginava. O orgulho e a dor haviam tornado Arash tão frio e cruel como a tempestade que enfrentavam...
Arash arriscara sua fortuna para salvar o país. Por isso não poderia prometer a Lana um futuro digno. Mas ficar sozinho com ela durante dias era uma tentação irresistível para o mais sublime das resistências. O que de fato aconteceu com Arash. Ele rendeu-se à mulher que fora seu tormento, seu grande prazer, à mulher que prometera a si mesmo conservar para sempre. Poderia fazer isso não tendo nada a lhe oferecer, a não ser seu coração?

O livro se passa no país de Parvan, num país que acaba de sair de uma guerra, onde o povo estava triste, desamparado, sofrido, sem emprego e alimentação, e é para onde Lana Holding vai, pois ela ama Arash Khosravi, mas ele não se abre para esse amor, pois com a guerra ele não só foi ferido como perdeu seu pai e seu irmão mais velho. Lana tem um pai milionário que é onde ela pede ajuda para o povo de Parvan, lá ela é recebida como uma rainha pelo povo, mas ela só quer ajudar sua amiga Alinor e seu marido, príncipe de Parvan, Kavi.
 
Kavi pede a Arash para levar Lana numa viagem para as montanhas de Kohi Shir, durante a viajem começa uma tempestade de neve e eles têm que achar um lugar para se protegerem, como a chama do amor ainda está viva e eles não conseguem se comunicar eles começa a discutir, pois Lana deseja ajudar Arash a restaurar sua terra e ele não aceita, acha que ela é filhinha de papai, pois vive pedindo dinheiro a ele para ajudar no ela queira, mas o instinto protetor de Arash sempre vence, pois ele ajuda Lana com roupas mais quentes e a leva para um lugar seguro, que ela descobre mais tarde ser a casa de Arash.
Na casa eles trabalham juntos para achar comida, água e algo para ficarem aquecidos durante a noite. Quando chega a noite eles não conseguem mais fingir que nada aconteceu entre eles no passado, então a chama vira um vulcão e eles ficam juntos mais com isso vem o constrangimento de se entregarem a algo que estava escondido há muito tempo. Com esse isolamento eles acabam tendo se conversar, Lana descobre que Arash sente orgulho do que ela fez pelo seu país, mas seu orgulho não deixa que ele aceite ajuda. Lana não sabia que com a morte do pai e do irmão de Arash ele agora tinha virado o chefe de sua tribo, e com isso Arash tinha muita coisa para fazer antes de ele ir procurar a mulher que ele ama e se casar com ela.
 
Quando eles chegam ao palácio de Omar, primo de Arash, eles decidem que o que eles tiveram acabou. Arash descobre que os pertences de sua família estão com seu primo, pois seu pai enviou logo que a guerra começou para depois ter como levantar seu lar; seu primo e esposa têm que ir a um evento e Arash e Lana ficam sozinhos no palácio. Quando eles se encontram para jantar eles tentam fazer dela como a ultima noite deles juntos, mas não sai conforme planejado, pois Arash se declara para Lana e a pede em casamento. Como ela sabe que ele não vai aceitar seu dinheiro pede a única coisa que não sai de sua cabeça que é refazer o pomar de abricós, Arash aceita o seu pedido. O Arash abraça a sua futura esposa, olha o brasão de Aram e seu vale e sabe que seu futuro será feliz com sua família.

Anne McAllister - Tentador como o pecado! - Julia Paixões Picantes 16 - Resenha Fabiana Luchete

2 comentários
Uma sedução inocente?

Gibson Walker ficou irritado quando Roxanne Madsen foi trabalhar com ele. Concordou em empregá-la como um favor... Afinal, não tinha tempo para pajear uma garota interiorana. Então, por que se via atormentado pela beleza tímida de Roxanne... e furioso por ela nem sequer notá-lo?
Roxanne não se atrevia a notar a presença de Gibson. Estava noiva, e fora a Nova York apenas para passar o verão. Além disso, Gibson Walker era o homem a respeito do qual todas as mães advertiam as filhas: tentador como o pecado e solteiro convicto!
Seduzi-la? Gibson estava tentado. Resistir a ele? Roxanne precisava! Mas quando o destino os uniu logo se tornou uma incógnita saber quem estava seduzindo quem...

Gibson é um fotógrafo famoso quando Roxanne entra na sua vida de uma forma pouco conveniente. Essa cena é memorável...
Roxanne vem da cidade natal de Gibson recomendada por irmã deste para trabalhar como assistente dele nas férias de verão. Já no primeiro encontro entre os dois saí faísca. Gibson fica fascinado e perde a concentração na sessão de fotos por causa de Roxanne, esta não querendo perder a oportunidade de trabalhar com Gibson não faz por menos e responde a altura.Gostei muito dessa parte porque mostra o quanto Roxanne está disposta a aprender... Isso fica claro à medida que vai trabalhando com Gibson.

Este de todas as formas tenta mandar Roxanne de volta à sua cidade natal... E não consegue... kkkk
Gibson não a quer por perto e mostra de todas as formas possíveis, ela supera em tudo... Chega até ser um pouco cansativo. Pois ele tenta de tudo, e por aí vai. Roxanne é noiva... Então tenta resistir a todo custo. O que nós sabemos que Gibson do outro lado tenta resistir.Tudo se encaixa ela consegue um apartamento para ficar.
Aí fica meio engraçado, pois para quem não tem interesse (Gibson) fica enciumado. Por causa do vizinho, que se torna grande amigo de Roxanne. Tem algumas partes engraçadas que valeu e outras nem tanto.
Na verdade tem algumas brigas e beijos quentes... AH! Tem as fotos de Roxanne NUA... kkkk
Que Gibson fica fascinado... Mas ele nega tudo. Ela acaba cuidando dele, pois ele sofre um acidente e por aí vai.

Então... Porque não gosto de coisas muito enroladas...
Vou terminar por aqui... Porque o final eu não conto.
Senão também estrago o romance.
Então leiam e divirtam-se.

Sorteio do mês de Março - Ondine da Shannon Drake

5 comentários

Todo mês iremos sortear um livro para as meninas que postarem seus livros do Maratona de Banca. O livro estará dentro do tema de cada mês, então o representante do mês de março é o histórico Ondine da Shannon Drake.

Abaixo o resumo.

Inglaterra, 1679

Nas mãos do destino...

Subitamente envolvida num terrível jogo de influência e poder, lady Ondine viu-se a caminho da forca, sem que lhe dessem oportunidade de tentar provar sua inocência...

Os olhos cor de aço de lorde Warwick Chatham faziam jus à reputação de homem frio e implacável. Embora tivesse a seus pés todas as mulheres que desejasse, ele agora precisava de uma esposa, para poder executar seu secreto plano de vingança...

Ao ver Ondine no patíbulo, uma súbita inspiração impeliu Warwick a salvá-la, pedindo-a em casamento. Mas nenhum dos dois poderia imaginar que, em meio a intrigas e cercados de inimigos por todos os lados, encontrariam nos braços um do outro uma paixão capaz de aplacar a fúria de um homem e de realizar os anseios de uma mulher, numa gloriosa união de corpo, alma e coração!

Quem quiser dar uma olhada na resenha completa do livro é só clicar AQUI.

Vamos ao sorteio.
Houveram 46 postagens, para conferir a lista cliquem AQUI.

 E a ganhadora foi:

46. Fabiana Luchete 

Vou mandar um e-mail pedindo seu endereço para o envio.

Parabéns.

Michelle Reid - Marriage on the Rebound - Resenha de Abril da Hanne Lúcio

5 comentários

Resumo

Piers Danvers a tinha deixado plantada diante do altar, mas Rafe Danvers, seu irmão, estava esperando para ocupar seu lugar. Rafe era o irmão mais velho e o cabeça do império familiar, e precisamente tinha sido  ele quem tinha convencido a Piers de que a abandonasse. E com essa mesma determinação, fazia questão de que se casasse com ele.

Aturdida como estava, Shaan aceitou sua proposta mais surpreendente ainda porque  até o momento, Rafe tinha atuado como se a desprezasse. E de repente queria dizer ao mundo que era sua esposa... e não só sobre o papel, senão de fato e de  direito!


Minhas considerações:

A estória é ótima! Super envolvente e apaixonante! Uma complexa estória envolvendo um triângulo amoroso, que em alguns momentos se transforma num quarteto...

O mocinho (Rafe) é aquele típico homem sisudo, que vive de cara amarrada e a gente acha que nem sabe sorrir. É inteligente, bonito e rico. Apesar de uma aparência fechada, é muito terno e amável. Apaixona-se pela mocinha à primeira vista.

O “vilão” Piers tem ciúme e inveja do irmão mais velho e está disposto a fazer qualquer coisa para diminuir e fazer o irmão sofrer.

A mocinha (Shaan) é dona de uma beleza exótica, órfã, vive com os tios é extremamente meiga e inocente. Trabalhando na empresa Danvers como secretária, conhece Piers e se apaixona por ele, mas infelizmente ele somente a usa para despertar a fúria do irmão, abandonando-a no altar.

Shaan fica totalmente abalada após a fuga do noivo, principalmente porque ele fugiu para se casar com a ex-noiva, o grande amor de sua vida. Rafe sentindo-se culpado, pois ele sempre deixou claro que era contra o casamento, propõe a ela que eles se casem. Extremamente aturdida e sem saber bem o que fazer, Shaan aceita e eles saem em lua-de-mel para Hong Kong.

Em vários momentos Rafe é rude, grosseiro e cruel com Shaan, tanto que dá vontade de lhe dar umas palmadas. Mas tudo que ele faz é para que ela deseje viver, não se afogue no desespero. Ele tenta de todas as formas reanima-la.
Conforme o tempo vai passando eles vão se conhecendo melhor, e Shaan vai se apaixonando por Rafe; mas ela não acredita que ele possa lhe retribuir o amor, uma vez que ele confessou ser apaixonado pela cunhada Madeline.
De qualquer forma, Shaan sente-se feliz vivendo com Rafe, até que o vê beijando a cunhada e aí o mundo dela começa a ruir e ela se vê obrigada a enxergar a verdade.

Quando ela vai embora de casa, Rafe não tem outra alternativa senão confrontar seu irmão e obriga-lo a contar toda a verdade a Shaan. É aí que ela fica sabendo que ele é que sempre foi apaixonado por ela e que tudo que ele fez foi para ter uma chance de faze-la feliz.

Simplesmente amei este livro. Confesso que em alguns momentos fiquei revoltada e tive uma vontade imensa de dar uns tapas na moçinha, pra ver se ela acordava e reagia. O vilãozinho é daqueles canalhas imprestáveis que nada fizeram de útil, fiquei aliviada quando ele foi embora. Agora o Rafe.... affffffffff, simplesmente maravilhoso. Sob aquela cara fechada, bate um coração apaixonado. Se a Shaan não se apaixonasse por ele seria uma idiota completa. De minha parte, fiquei completamente apaixonada!

Recomendo!!!